27 Julho 2021

Offset, Digital, UV, Têxtil,...conhece os diversos tipos de impressão disponíveis, suas diferenças e benefícios?

O conceito de impressão é amplo e tem-se modificado ao longo do tempo.
De processos mais mecânicos a métodos totalmente digitais, existem diversas opções, com mais ou menos benefícios, tendo em conta, acima de tudo, o objectivo principal da impressão.
A equipa Portus criou, por isso, um resumo dos principais tipos de impressão atualmente disponíveis, sugerindo de que forma pode escolher aquele que melhor se adapta ao seu negócio.

1. A Impressão Offset




O seu nome significa “fora do sítio”, é o tipo de impressão mais conhecido no mercado gráfico e, neste tipo de impressão, a imagem não é impressa diretamente no material, sendo utilizadas matrizes de chapa de alumínio, ou seja, o material é passado para a matriz e só depois transferido para o papel ou outro material usado.
As cores são impressas separadamente, pelo sistema CMYK,e formam imagens por meio da pigmentação das cores. A base dessa reprodução é o contato entre a gordura e a água, componentes da tinta offset, que garantem a qualidade do trabalho.

Sendo de fácil reprodução, não é necessário disponibilizar um profissional para ficar de olho na produção, pois a máquina trabalha sozinha e rapidamente.

O offset é muito usado em cartões de visita, cartazes, folders e livros, pois trabalha com folhas soltas. Também é ideal para revistas e jornais, materiais que tendem a exigir altas tiragens.

Descubra as principais vantagens:
● perfeita para grandes quantidades;
● impressão rápida;
● resultados de alta qualidade;
● pode ser utilizada para vários tipos de gramagem de papel e plástico.

2. A Impressão Digital de Grande Formato



Ao contrário da offset, a impressão digital de grande formato é feita diretamente no material, utilizando como matriz um arquivo digital, por exemplo, um PDF, TIF,
JPEG. Etc...
Sem a intermediação de chapas tornando-se mais rápido por não ser necessário o processo de gravação na chapa.
A impressão digital pode ser utilizada nos mais diversos tipos de material flexíveis até 5 metros de largura, ideal para impressões de exterior com também de interior , sinalética e decoração de viaturas, podendo imprimir pequenas, médias e grandes quantidades com uma ótima qualidade de impressão.

Conheça algumas vantagens desse tipo de impressão:
● sem quantidades mínimas de impressão
● provas de impressão mais baratas;
● sem limite de cores;
● Preço imbatível para pequenas e médias quantidades.

Por outro lado, esse modelo de ilustração costuma perder para a offset no custo-benefício de grandes tiragens.

3. Impressão digital UV



A impressão digital UV permite a impressão direta sobre uma enorme gama de materiais rígidos e flexíveis até 200 mm de espessura - produzindo cores estonteantes, texturas realistas e efeitos de relevo com estilo.
A tinta é curada no material com lâmpadas led ultra violetas que permitem uma secagem instantânea e pode ser utilizada ao acrílicos, madeiras, metais , azulejos, peles, pvc etc...

A tecnologia de impressão UV tem um consumo de tinta muito reduzido e é a solução ideal para trabalhos de personalização ou para impressão direta em placas sem ser necessário a contra colagem de vinil.

3. A impressão Direta Têxtil


Este sistema permite imprimir diretamente em têxteis tais com poliéster, algodão e sedas sem ser necessário o processo de sublimação onde temos de imprimir em papel para depois poder sublimar nos tecidos.

Podem ser utilizadas tintas dispersas, reactivas, ácidas ou pigmentadas conforme os materiais que forem impressos.

Esta solução permite uma maior produtividade e menores custos de produção, podendo assim competir com o método tradicional de estamparia oferecendo uma maior versatilidade sem limitações nas pequenas quantidades nem no número de cores, é a solução ideal para a impressão de bandeiras , equipamentos desportivos , moda e têxtil lar.

Então, como escolher o tipo de impressão ideal?

Agora que conhece as principais diferenças entre os vários sistemas de impressão, bem como as suas possibilidades e limitações, descubra o que deve ter em consideração para alcançar a impressão ideal:

Custo x Benefício

O primeiro ponto a ser analisado deve ser o custo-benefício em todos os projetos, ou seja, o que melhor se adapta para a sua necessidade no momento.
Pense em valores por quantidade, qualidade final, se vai ter lucros a médio, pequeno ou longo prazo, por exemplo. Em alguns casos, como a impressão digital, os preços podem ser mais altos, mas a qualidade, rapidez e retorno também o serão.

Tipo de material

Visando a qualidade do seu serviço, pense nos materiais adequados para cada um. Nem todos os tipos de material servem para todos os objetivos e, por isso, vai precisar de compreender quais são aqueles que se ajustam para depois decidir que impressão fará.

Tiragem
Alguns tipos de impressão só valem a pena em grandes quantidades. Não deixe de avaliar o custo vs benefício desse processo.


Ficou com alguma questão que gostava de ver esclarecida?
Gostaria que a nossa equipa lhe apresentasse os equipamentos mais adequados para os seus objectivos?

Contacte-nos, sem compromisso. 
A equipa Portus é especializada e encontra-se disponível para o ajudar a encontrar a solução de impressão ideal para o seu negócio.

Partilhar

Outras Novidades

Portus é uma das TOP 5% Melhores PME de Portugal de 2020
05 Abril 2021
A Portus está entre as melhores, na capacidade de gerar resultados e simultaneamente ter solidez financeira. E isto está ao alcance de 5% das empresas.
Saber Mais  
d.gen Opens Technology Experience Center in Milan, Italy
03 Março 2021
Ficamos contentes por anunciar que abrimos um novo Showroom e Demo Center na Itália, em Milão. Este é um enorme marco que abre um novo capítulo na história da d.gen.
Saber Mais  
Iecho PK 1209
02 Fevereiro 2021
Sistema de corte inteligente automático IECHO PK novo modelo PK1209.
Saber Mais